CASAR PRA QUÊ? (Why should we marry?)

0

Book-Notes-720-x-340-dark-gold-outline-and-medium-blue-pen-_-Notes-light-blue-702x336

Flávia Ghelardi writes from Brazil in English and Portuguese. Jump to the English version of this post.

Muitos casais hoje se afastam do sacramento do matrimônio não encontrando nenhuma razão para se casar na Igreja. E muitos outros só casam na Igreja por causa da festa, ou do sonho de entrar na igreja de véu e grinalda. Mas afinal, qual é a importância para um casal receber esse sacramento?

Ninguém casa para ser infeliz, isso é fato mais do que evidente. Mas o que é necessário para sermos felizes? Só existe um caminho para a verdadeira felicidade, aquela que completa o nosso coração e nos deixa extasiados, mesmo se estivermos passando pelas maiores dificuldades e sofrimentos. A única maneira de sermos realmente felizes é se descobrirmos e buscarmos viver o ideal para o qual Deus nos criou. Se não buscarmos cumprir nossa missão, a razão pela qual fomos criados e existirmos, não encontraremos nunca a felicidade. Poderemos até ter muitos prazeres, mas felicidade real não.

Tendo isso em mente, o autor Gregory Popcak, em seu livro For Better . . . Forever! afirma que só existe uma única razão para se casar que garante uma vida longa de felicidade e torna o casamento relevante e que se os noivos não tiverem isso em mente, é melhor nem casar mesmo. Mais do que amor e companheirismo, a função real do matrimônio cristão é para marido e mulher se ajudarem mutuamente a se tornarem as pessoas que Deus os criou para serem.(pg. 19)

A real dignidade do matrimônio cristão vem da promessa de passar cada dia de suas vidas descobrindo e realizando suas identidades em Cristo. Em outras palavras, o casamento é trilhar o caminho para o Céu com um companheiro.

Através do matrimônio, Deus dá a cada um de nós uma responsabilidade sagrada: preparar seu esposo, sua esposa para passar a eternidade no Céu com Ele. Deus diz a cada pessoa que se casa na Igreja: “Eu estou escolhendo você para ter um papel central na santificação de seu esposo, de sua esposa. Ele ou ela talvez não consiga se santificar sem você. Certifique-se de que seu esposo, sua esposa se santifique com você.”

Essa responsabilidade não deveria ser surpresa para você, porque a santificação é o trabalho principal de qualquer sacramento. Quando você se casa na Igreja, você está reconhecendo que daquele dia até o dia da sua morte, Deus te fez responsável, abaixo apenas do trabalho salvador de Jesus Cristo e do livre arbítrio de seu cônjuge, de ver que seu marido ou sua esposa se torne a pessoa que Deus o(a) criou para ser. E você está reconhecendo que você sinceramente acredita que tem uma chance melhor, com seu cônjuge do que sem ele ou ela, de se tornar tudo o que Deus pretende que você seja. (pg. 20)

Porém Deus não nos dá essa grande responsabilidade e nos abandona para nos virarmos sozinhos. Aí é que vem a grande ajuda do sacramento do matrimônio. O sacramento que recebemos no dia do casamento nos dá todas as forças necessárias para cumprirmos essa missão. Esse sacramento tem o poder de santificar o vínculo entre marido e mulher e assim, ajudar a cada um dos cônjuges a se santificar também.

Sempre que estivermos passando por alguma dificuldade no matrimônio devemos recorrer ao sacramento do matrimônio, às graças que recebemos e continuamos receber todos os dias de nossa vida de casados. Na prática, devemos lembrar em nossas orações do sacramento que recebemos, pedindo a Deus que pela força desse sacramento, envie as graças necessárias para superarmos as crises que enfrentamos.

Outra forma de lembrar que temos direito a essas graças, é renovarmos, ao menos por ocasião do aniversário de casamento, as promessas que fizemos diante do altar. Falar novamente ao esposo, à esposa: “Eu ____ te recebo por_______ minha esposa, por meu esposo e te prometo ser fiel, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, amando-te e respeitando-te todos os dias de minha vida.”

Assim, quando alguém perguntar por que casar, você pode responder que o sacramento do matrimônio é a forma pela qual Deus quer dar a você uma pessoa que ficará responsável por toda sua vida a ajuda-lo a ser realmente feliz, a cumprir a sua missão aqui na terra para um dia poder gozar da alegria eterna no Céu. Quer razão melhor??

Why should we marry?

Many couples these days shy away from the Sacrament of Matrimony because they can’t find a reason to marry in the Church. And many others only get married in the Church because of the party, or the dream to walk down the aisle. But why is it important for a couple to receive this Sacrament?

Nobody marries to be unhappy and this fact is more than evident. But what is necessary to be happy? There is only one way to true happiness, that fulfills our hearts and leaves us ecstatic, even if we are facing great challenges and sufferings. The only way to be really happy is if we find out and try to live the ideal for what God has created us. If we don’t seek to fulfill our mission, the reason we’ve been created and existed, we will never find happiness. We may have pleasure, but not real happiness.

Gregory Popcak, in his book For Better . . . Forever!, affirms that there is only one reason to marry that guarantees a long life of happiness and makes marriage relevant and if the couple don’t have this in mind, it’s better not to marry at all. More than love and companionship, the real function of the Christian marriage is for husband and wife to help each other to become the people God created them to be.” (pg 19)

“The real dignity of the Christian matrimony comes from promising to spend every single day of your lives discovering and fulfilling your identities in Christ.”

In other words, marriage is a path to Heaven with a mate.

Through Matrimony, God gives each one of us a holy responsibility: to prepare your spouse to spend eternity in Heaven with Him.

God says to every person who marries in the Church: ‘I am choosing you to have a central role in your spouse’s sanctification. He or she might not make it without you. Be sure that your spouse makes it with you.’

This responsibility should not come as a huge surprise to you; after all sanctification is the chief work of any sacrament. When you marry in the Church, you are acknowledging that from that day until the day of your death, God made you responsible, second only to the saving work of Jesus Christ and your partner’s free will, to see that your husband or wife becomes the person God created him or her to be. And you are acknowledging that you sincere believe you have a better chance, with your partner than without him, of becoming all God intends you to be.” (pg. 20)

However, God does not give this big responsibility to us and leave us alone so we do it ourselves. Here is where the great help from the Sacrament of Matrimony comes from. The Sacrament we receive on our wedding day give us all the strength we need to fulfill that mission. This Sacrament has the power to sanctify the bond between husband and wife and this way, to help each one of the spouses to sanctify himself or herself too.

Every time we are going through some difficulty in our marriage, we should appeal to the Sacrament of Matrimony, to the graces we received and keep on receiving everyday of our marriage life. In practice, we should remember in our prayers the Sacrament we’ve received, asking God through the strength of that Sacrament to send us the graces needed so we can overcome the crises we face.

Another way to remember that we have the right of those graces is to renew, at least by our wedding anniversary, the promises we made at the altar. To say again to your husband or your wife: “I ____, receive you ______, as my wedded (wife/ husband), to have and to hold, from this day forward, for better, for worse; for richer, for poorer; in sickness and in health; to love and to cherish ’til death us do part; according to God’s holy will.”

So, whenever someone asks you, “why should we marry?” you can answer that the Sacrament of Matrimony is the way God wants to give you a person that will be responsible through all your life to help you be really happy, to fulfill your mission here on Earth so one day you can enjoy the eternal happiness in Heaven. Do you need a better reason??

Buy this book through our Amazon link and support CatholicMom.com with your purchase!

Be sure to check out our Book Notes archive.

Copyright 2017 Flávia Ghelardi

 

Share.

About Author

Flávia Ghelardi is the mom of four, a former lawyer already "promoted" to full time mom. Flávia published her first book FORTALECENDO SUA FAMÍLIA and is a member of Schoenstatt´s Apostolic Movement. Flávia loves to speak about motherhood and the important role of women, as desired by God, for our society. She blogs at www.fortalecendosuafamilia.blogspot.com.

Leave A Reply

Notify me of followup comments via e-mail. You can also subscribe without commenting.